Tripulantes de cruzeiro são atendidos em Montevidéu após morte por gripe

A tripulante brasileira Fabiana Pasquarelli morreu em Santos devido à influenza tipo B; os cinco tripulantes são atendidos por um pneumologista no Uruguai

AFP |

Cinco tripulantes de um cruzeiro proveniente do Brasil foram atendidos nesta terça-feira em Montevidéu com um quadro de gripe após uma tripulante brasileira morrer devido à influenza tipo B.

Fabiana dos Santos Pasquarelli, que trabalhava como garçonete no navio MSC Armonia, foi internada em Santos na quarta-feira, 15, com sintomas respiratórios agudos, como gripe, tosse e febre. Segundo o hospital Ana Costa, os exames apontaram que Fabiana teve isolado o vírus influenza B, vírus de gripe de menor letalidade .

Em nota, o hospital garantiu que se trata de um vírus de menor impacto para causar pandemias e, portanto, "gostaríamos de salientar que a população deva sentir-se tranquila, pois o risco de contágio por este vírus fica circunscrito a um espaço físico restrito".

O cruzeiro MSC Armonia chegou na madrugada desta terça-feira vindo da cidade brasileira de Santos e deve partir rumo a Buenos Aires.

No Brasil: Últimas três pessoas que passaram mal em navio têm alta

Em sua chegada ao porto e a pedido do capitão do navio cinco tripulantes foram desembarcados e levados a um hospital particular para serem atendidos por um pneumologista, disse o responsável pelas relações públicas da Marinha uruguaia, capitão Sergio Bique.

O diagnóstico médico será posteriormente "divulgado ao setor sanitário marítimo para que sejam tomadas as devidas precauções", explicou, acrescentando que "toda a atuação do ponto de vista sanitário será transmitida à autoridade sanitária argentina, assim como o Brasil fez com o Uruguai".

Ao chegar ao porto, o cruzeiro foi inspecionado por uma equipe de saúde marítima, que o autorizou a operar de forma normal e a desembarcar os 1.000 tripulantes e 2.500 passageiros, disse Bique.

Já o diretor de saúde do Uruguai, Yamandú Bermúdez, indicou que "não havia nenhum elemento que justificasse a impossibilidade de que" os passageiros saíssem para percorrer a cidade.

* Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: cruzeirotripulantem gripesantosmontevidéu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG