Trio faz arrastão de celulares na zona sul de São Paulo

Vítimas caminhavam na calçada em bairro nobre da capital paulista

AE |

selo

Em pouco mais de duas horas, um trio fez um arrastão e levou oito celulares e R$ 192 de vítimas que caminhavam na calçada, no bairro de Moema, zona sul de São Paulo. Os ataques aconteceram perto do Shopping Ibirapuera, por volta das 20h de anteontem. Em cinco meses, a região já registrou 2.144 roubos e furtos. Uma média de 14 crimes por dia.

Foram presos o operador Fabio Francischini Pereira, de 29 anos, que já teve uma passagem pela polícia por porte de drogas, e o garçom Antônio Tiburtino Júnior, de 20. Foi detido também um adolescente de 17 anos.

Todas as vítimas eram mulheres, que estavam com o celular na mão ou em ligação. Entre os aparelhos roubados haviam dois iPhones, um BlackBerry e um Nextel.

A administradora Danielle Coppini Guimarães, de 26 anos, foi atacada às 20h20, quando havia acabado de estacionar seu carro, um Citroën C3, na esquina da Alameda dos Arapanés com a Avenida Bem-te-vi, a 50 metros do shopping. Na fuga, o diretor de um restaurante, que percebeu a ação, gritou e ajudou a capturar o adolescente. Os outros dois suspeitos foram presos pouco tempo depois, por policiais militares que faziam uma ronda no local. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: ArrastãoSão PauloMoemacelular

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG