Três são presos por receptação de carga roubada em São Paulo

Alvos do grupo são contêineres provenientes do porto de Santos e interceptados na cidade de São Paulo

AE |

selo

Três pessoas foram presas na quarta-feira, 29, nas zonas norte e leste de São Paulo, e no Guarujá, litoral do Estado, acusadas de integrar um esquema de receptação de carga roubada. Eles estão envolvidos em um esquema de roubo de cargas e comercialização de produtos importados. Os alvos do grupo são contêineres provenientes do porto de Santos e interceptados na cidade de São Paulo. 

Leia também: Homem é preso com cargas roubadas na Praia Grande

Durante as prisões, que ocorreram na rua Voluntários da Pátria, em Santana, zona norte, na rua Antônio de Barros com avenida Celso Garcia, no Tatuapé, zona leste, e em Vicente de Carvalho, a polícia recuperou parte de uma carga de lâmpadas, que havia sido roubada em setembro do ano passado, na Marginal Tietê, região da Lapa, zona oeste. O material, avaliado em R$ 40 mil, será devolvido aos proprietários. 

Segundo o delegado Fábio Dal Mas, titular da 2ª Delegacia Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptação de Cargas (Divecar), as investigações apontam para um esquema que obtém informações sobre cargas valiosas desembarcadas no porto de Santos. Os responsáveis por roubar o material acompanham os caminhões até realizarem o ataque. A carga acaba voltando para a Baixada Santista, onde permanece em depósitos clandestinos até ser negociada. 

Durante investigações, os policiais descobriram que ocorreria uma entrega de pouco mais de duas mil lâmpadas. A equipe flagrou o comerciante Ricardo Dia Nakhoul, de 56 anos, que escoltava o caminhão carregado com o produto. A abordagem aconteceu na rua Voluntários da Pátria. Ele acabou apontando o consultor Maurício Barbosa de Melo, de 36 anos, como o intermediário no negócio, preso na esquina da rua Antônio de Barros. 

A partir de informações obtidas com os dois, os policiais se dirigiram ao Guarujá. Em Vicente de Carvalho, a equipe deteve Márcio Balbino dos Santos, de 39 anos, suspeito de ser o responsável pelo armazenamento do material e por oferecer os produtos. Os três detidos foram autuados por receptação. Os policiais identificaram outros dois homens que participam do esquema.

    Leia tudo sobre: receptação de cargasguarujásão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG