Três carros são multados por hora em aeroportos de SP

CET e policiais rodoviários aplicam 76 multas por dia. Estacionar em fila dupla e em local proibido estão entre as infrações

AE |

selo

Com a superlotação e pouca infraestrutura dos aeroportos de São Paulo, não é só o passageiro que sofre - amigos ou parentes que costumam deixar ou buscar alguém nos terminais são multados por estacionar em local proibido. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e em Congonhas, na zona sul da cidade, as Polícias Rodoviária Federal e Militar e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) aplicam 76 multas por dia - 3 a cada hora.

Só em Congonhas, as multas cresceram 31% em 2010 em comparação com 2009. As infrações são sempre as mesmas: estacionamento irregular em área de embarque e desembarque, parada em fila dupla. No caso de Cumbica, há quem deixe o carro no acostamento da estrada que leva até o aeroporto. A Rodovia Hélio Smidt tem 5 quilômetros e, de janeiro até a semana passada, já tinha aparecido na notificação de infração de 1.728 motoristas que pararam ali para esperar alguém que chegava de viagem.

Além de um prejuízo que pode ser de R$ 53,10 a R$ 127,69, estacionar no acostamento da estrada naquela região tem um agravante: é área de cabeceira de pista, por onde os aviões passam voando baixo até pousar. Existe uma placa de alerta, mas ela é ignorada por muitos motoristas, principalmente nos horários de pico, quando há mais infrações: entre as 6h e as 9h e entre 17h e 20h. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: multasaeroportoscongonhascumbica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG