Total de sequestros no Estado de SP cai 13% em 2010

Capital e Grande SP tiveram queda, enquanto interior se manteve estável. Polícia espera redução também nos homicídios e roubos

AE |

selo

O primeiro índice de criminalidade de 2010 fechado pela Polícia Civil mostra uma redução de 13% do total de sequestros no Estado de São Paulo. O ano deve terminar com 73 casos - em 2009 haviam sido 84.

Os números da região metropolitana de São Paulo foram os responsáveis pela queda, pois no interior a quantidade desse tipo de crime permaneceu estável. O resultado de 2010 é o segundo menor da década (em 2008 houve 59 casos). A polícia comemorou ainda outro fato, que foi o baixo índice de casos que terminaram com pagamento de resgate - pouco menos da metade.

Fora da capital paulista, houve redução de sequestros na demais cidades da Grande São Paulo. Em 2010 foram registrados 17 casos (23 em 2009) na região. No interior e no litoral ocorreram 23 casos (mesmo número de 2009).

Para a cúpula da polícia, o resultado dos sequestros é o primeiro de outros que devem ser positivos em 2010. A expectativa dos policiais é de que o índice de homicídios fique no máximo em 10 casos por 100 mil habitantes, chegando ao menor número da série histórica iniciada em 1996.

Os delegados também esperam quedas nos principais crimes contra o patrimônio no Estado, como roubo e furto, que ficariam em cerca de 10%. O balanço dos números só deve ser publicado no fim de janeiro pela Secretaria da Segurança Pública. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: sequestrossão paulopolícia civil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG