Terrenos de imóveis demolidos serão postos do CAT na Cracolândia

Locais serão utilizados para requalificação para profissionais de baixa renda. Outro casarão vai dar lugar a uma tenda social para atender moradores de rua

iG São Paulo |

Os terrenos de cinco imóveis demolidos na cracolândia, região central de São Paulo, serão transformados provisoriamente em um posto do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), órgão da Prefeitura de requalificação para profissionais de baixa renda. O espaço de outro casarão derrubado vai dar lugar a uma tenda social, outro equipamento mantido pela gestão Gilberto Kassab (PSD) para atender moradores de rua. 

Exclusivo: Prefeitura paga Bolsa Aluguel a pensão interditada na Cracolândia
Apreensão: Menor é detido com 1.500 pedras de crack no centro de São Paulo

O objetivo da prefeitura é criar na Cracolândia um "complexo social e médico" para moradores de rua, trabalhadores e famílias de baixa renda. A nova ocupação dos imóveis constará de um decreto do prefeito que seria publicado hoje no Diário Oficial da Cidade. Para ocupar terrenos particulares, Kassab invocou a Constituição (inciso 25 do artigo 5), no qual o governo e a Justiça podem requisitar o uso temporário "para interesse social" de espaço privado. 

Em 18 dias da Operação Integrada Centro Legal, realizada nas ruas da Cracolândia, na região central de São Paulo, 99 pessoas foram internadas e 12 foram encaminhadas para tratamento , sendo seis grávidas. Os dados do último balanço do governo mostram que agentes da saúde realizaram 2.298 abordagens.

Apreensão

Um adolescente de 15 anos foi apreendido, por volta das 3h, na Cracolândia, com 1.500 pedras de crack, já embaladas e prontas para a venda , R$ 3.149, em notas e moedas (dinheiro da venda da droga) e três celulares. Com ele também foram encontradas pedras maiores de crack que ainda seriam fragmentadas e embrulhadas para a comercialização.

Em patrulhamento na região, os policiais, ao passarem na esquina das ruas General Osório com a Guaianazes, desconfiaram do volume sob um cobertor que estava ao lado do menor. Era uma mochila, na qual estavam a droga, o dinheiro e os aparelhos celulares. O adolescente foi encaminhado ao 77º Distrito Policial, de Santa Cecília.

Nesta madrugada, usuários de drogas voltaram a se espalhar pelas ruas do centro de São Paulo para fugir da ação da polícia na região da Cracolândia. Eram 2h quando cerca de 50 viciados se reuniam para consumir crack na alameda Barão de Limeira, nos Campos Elísios, ao mesmo tempo em que PMs faziam uma abordagem a suspeitos na rua General Rondon, ao lado, sem notar a presença do grupo.

*com AE

    Leia tudo sobre: cracolândiacrackdrogastráficocentro legal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG