Suposto racha entre carros de luxo deixa um morto em Campinas

Motorista do Audi atropelou o lutador de jiu-jitsu Kaio César Muniz, de 23 anos, que morreu no local. Polícia diz que motorista estava embriagada

iG São Paulo |

Um suposto racha entre dois carros de luxo, Audi e Camaro, provocou a morte de um pedestre na Avenida Júlio Prestes, no bairro Taquaral, em Campinas, cidade do interior paulista. A vítima era o lutador de jiu-jitsu Kaio César Alvez Muniz Ribeiro, de 23 anos. No momento em que foi atropelado e morto, por volta da 1h, ele usava o telefone público.

Leia também: Motorista embriagado oferece bebida a PM após acidente

AE
Telefone público que era usado por Kaio César Alves no momento do acidente

Segundo a Polícia Militar, a motorista do Audi é Adriane Aparecida Pereira Diniz, de 42 anos. Ela estaria participando de um com racha com o empresário Fabrício Narciso Rodrigues, de 32 anos, que dirigia o Camaro. Adriane teria perdido o controle do veículo, invadido a calçada e atingido Kaio, que morreu mesmo sendo encaminhado para o Hospital Mário Gatti.

Após teste de bafômetro, foi constatada que a empresária ingeriu álcool acima do limite autorizado pela legislação. Já Fabrício não quis fazer o teste, mas fez exame de sangue. O resultado ainda não foi divulgado. Os dois foram presos e o caso foi registrado no 1º DP da cidade.

*com AE

    Leia tudo sobre: rachacampinasmotorista embriagadoembriaguez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG