Suspeito de provocar acidentes em São Paulo deve depor nesta quinta

Michel Goldfarb Costa é acusado de ter atirado em duas pessoas e roubado quatro carros. Ele disse que se sentia perseguido

AE |

selo

AE
Michel Goldfarb assumiu autoria dos roubos e disparos na zona sul de São Paulo
O empresário e artista plástico Michel Goldfarb Costa, de 34 anos, acusado de provocar uma série de acidentes na zona sul de São Paulo na manhã da última segunda-feira (9), deve prestar depoimento nesta quinta-feira, no 26º DP, no Sacomã, na zona sul.

Prisão: Empresário acusado de provocar acidentes se entrega em SP

Procurado: Polícia pede prisão de suspeito de provocar acidentes em São Paulo

Na noite de quarta-feira, Michel se apresentou à polícia. Ele chegou no 26º Distrito Policial (Sacomã) acompanhado do advogado e da namorada. Ele fez exames no Instituto Médico Legal (IML) e passou a noite na carceragem do 77º DP, onde cumpre prisão temporária de 10 dias , decretada pela Justiça na terça-feira.

Ao delegado titular do 26º DP, Marcos Antonio Manfrin, Michel confirmou a autoria de roubo dos carros e dos disparos efetuados, mas afirmou que se sentia perseguido. As investigações prosseguem com o reconhecimento pessoal das vítimas e diligências aos locais dos fatos.

Diferentes versões

O caso ainda está em processo de investigação e ainda não se sabe o que realmente teria ocorrido no local ou com Michel. A série de roubos e colisões chegou a ser tratada como consequência de uma perseguição policial. Porém, a polícia não descarta a possibilidade de Michel ter sofrido um surto psicótico e ter vivido um "dia de fúria".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG