Médico foi condenada a 278 anos de prisão por estupros e tentativas de estupro contra mais de 30 mulheres

selo

O julgamento do pedido de habeas corpus em defesa do médico Roger Abdelmassih foi suspenso nesta terça-feira (30) após pedido de vista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa. Em dezembro do ano passado, o ministro Gilmar Mendes concedeu liminar determinando a soltura do médico, que havia sido preso em agosto.

No último dia 23, a 16ª Vara Criminal de São Paulo condenou o médico a 278 anos de prisão. Roger Abdelmassih foi acusado de estupro e tentativas de estupro contra mais de 30 mulheres - a maioria delas, pacientes de sua clínica especializada em reprodução assistida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.