Número de transplantes realizados também cresceu nos quatro primeiros meses do ano

O Estado de São Paulo teve aumento de 43% no número de doadores de órgãos registrados nos quatro primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo período de 2009, segundo balanço da Central de Transplante estadual. 

O número de doadores viáveis (que tiveram um ou mais órgãos aproveitados para transplantes) passou de 216 no primeiro quadrimestre do ano passado para 309 nos quatro meses iniciais de 2010. Neste ano já foram realizados 852 transplantes de órgãos, contra 615 no mesmo período do ano passado, o que representa crescimento de 38,5%.

Foram 507 transplantes de rim, 233 de fígado, 50 de pâncreas, 24 de coração e 28 de pulmão.

O crescimento é creditado à maior disponibilidade da população em doar órgãos e também, ressalta a Secretaria de Estado da Saúde, à capacitação de profissionais ao abordar familiares de potenciais doadores. A tendência de aumento de doação de órgãos é atestada em todo País. A Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) divulgou balanço este ano mostrando que o perfil do doador está diferente, cada vez mais velho e menos vítima de violência urbana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.