SP: divulgado retrato falado de suspeito de assaltar restaurante

Imagem foi feita após relato de vítimas e testemunhas de assalto a restaurante no bairro de Pinheiros, na última sexta-feira

iG São Paulo |

Divulgação/SSP
Suspeito é magro, branco, aparenta ter 26 anos, 1,75m de altura, cabelos castanhos raspados nas laterais, e olhos castanhos
A Polícia Civil de São Paulo divulgou nesta quarta-feira o retrato falado de um dos quatro suspeitos de assaltar um restaurante na esquina das ruas Oscar Freire com Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, na zona oeste da capital, às 23h30 da última sexta-feira.

O retrato falado foi feito a partir de depoimentos de vítimas e testemunhas que estavam no restaurante no momento do roubo, registrado no 14º DP (Pinheiros). Um dos suspeitos, de acordo com a imagem distribuída pela Polícia Civil, é magro, branco, aparenta ter 26 anos, 1,75m de altura, cabelos castanhos raspados nas laterais, e olhos castanhos. A polícia acredita que o bando que cometeu este crime esteja envolvido em outros casos de assalto a restaurantes que aconteceram na cidade nas últimas semanas .

O assalto

Por volta das 23h30 de sexta-feira, quatro homens, dois deles armados com revólveres, entraram no restaurante e anunciaram o assalto, rendendo funcionários e clientes. Logo depois, o bando fugiu em um Peugeot preto, levando documentos, dinheiro, joias, relógios e telefones celulares, entre outros objetos.

Arrastões

nullEste foi mais um dos arrastões em restaurantes da zona oeste da capital paulista no mês de março. O primeiro caso foi registrado no dia 2, na rua Mourato Coelho, na Vila Madalena. No dia seguinte, o alvo foi um restaurante japonês na rua Mateus Grou, em Pinheiros. Os outros dois arrastões aconteceram na semana passada, um na rua Francisco Leitão, no mesmo bairro, e outro na rua Jericó, na Vila Madalena. O último aconteceu no restaurante Galetos, da alameda Santos, nesta segunda-feira. Nas imagens ao lado é possivel ver a ação dos criminosos.

Em fevereiro, quatro arrastões também foram registrados em um intervalo de 12 dias em restaurantes da Vila Madalena e Pinheiros. Os ladrões atacaram estabelecimentos nas ruas Wisard, Teodoro Sampaio, Antônio Bicudo e Lacerda Franco.

Todos os roubos assemelham-se tanto pela formação das quadrilhas como pelo modo de agir. Os bandos são formados por quatro ou cinco homens, aparentemente com idade entre 20 e 30 anos. Costumam chegar aos restaurantes no fim da noite em carros mais potentes. Um fica do lado de fora e os demais, armados, invadem os imóveis. Em poucos minutos, roubam o dinheiro do caixa e levam relógios, cartões, cheque, documentos e celulares dos clientes e empregados.

    Leia tudo sobre: restauranteassaltopinheirosvila madalena

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG