SP destina R$ 9 mi para pavimento de ruas com asfalto ecológico

Obras serão realizadas em 25 vias de terra e material é composto por resíduos de demolição dos edições Mercúrio e São Vito

iG São Paulo |

A Prefeitura de São Paulo liberou nesta quinta-feira aproximadamente R$ 9 milhões destinados à pavimentação de 25 ruas de terra com asfalto ecológico. O material é composto por resíduos de demolição dos edifícios São Vito e Mercúrio e será usado como sub-base para asfaltar mais de 41 mil m² de vias.

As vias que serão beneficiadas estão localizadas nas subprefeituras de Cidade Ademar, Campo Limpo, Casa Verde, Freguesia/Brasilândia, Guaianazes, Jaçanã/Tremembé, Pirituba/Jaraguá, Perus e São Miguel.

Até agora foram retirados aproximadamente 11,3 mil m3 de materiais demolidos dos prédios. Trata-se de pouco mais de 19,2 mil toneladas que deixaram de ser encaminhados para os aterros sanitários, aumentando assim, a vida útil destes locais. "É princípio desta gestão a otimização do gasto do dinheiro público, bem como o desenvolvimento de iniciativas de preservação do meio ambiente", destaca o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Ronaldo Camargo.

O resíduo de obras e construções será utilizado em duas das camadas que compõem o pavimento da Cidade: a sub-base e a base do asfalto. No asfalto comum a sub-base é formada por britas, pequenas pedrinhas adquiridas em pedreiras. No asfalto ecológico esta camada será formada por restos de construção em geral. Com isso dá-se uma destinação correta para o entulho que acabaria sem utilidade e ainda economiza-se o dinheiro público que seria investido na compra das pedras.

    Leia tudo sobre: asfaltoambientesão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG