Sequestro de mulher acaba com ex-marido baleado, diz polícia

Polícia liberta dentista mantida refém por mais de 20h em clínica odontológica na cidade de Araçatuba, interior de SP

iG São Paulo |

O ex-guarda municipal Moacir Gonçalves de Oliveira, de 46 anos, que mantinha a ex-mulher Márcia Westpal Mello, de 41 anos, refém desde as 11h de quarta-feira, foi baleado nesta manhã, segundo informações do 2º Batalhão de Polícia Militar de Araçatuba, interior de São Paulo.

Conforme a Polícia Militar, o sequestrador havia se alterado nas últimas horas e jogado mais gasolina no cômodo. Homens do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) invadiram o local e o balearam, libertando a refém.

Oliveira foi atingido na cabeça e socorrido à Santa Casa municipal, mas seu estado de saúde ainda não foi divulgado. A dentista Márcia não ficou ferida, mas, bastante abalada, também foi encaminhada ao hospital para passar por avaliação.

O caso

Inconformado com o término do relacionamento do casal, há cerca de 4 meses, Oliveira invadiu o Centro de Especialidades Odontológicas da Prefeitura de Araçatuba (SP), na rua Saldanha Marinho, onde a ex-mulher trabalha e trancou-se com ela em uma sala.

Portando uma arma de fogo e duas garrafas pet com gasolina, Oliveira ameaçava matar Márcia e botar fogo no local. Os demais funcionários, ao perceberem o que ocorria, saíram do prédio e acionaram a Polícia Militar (PM). Agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) chegaram por volta das 17h de quarta-feira e, desde então, tentavam negociar a rendição do guarda. Segundo a PM, ele não fez nenhum tipo de reivindicação.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: sequestrocasalex-mulheraraçatuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG