Sem fiscalização, poucos motoristas respeitam restrição em SP

A partir desta segunda-feira, caminhoneiros não podem trafegar na Marginal Pinheiros e, motoqueiros, na pista expressa da Tietê

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

Lecticia Maggi, iG São Paulo
Kosme Ribeirão, caminhoneiro, não sabia da restrição
A restrição a caminhões na Marginal Pinheiros e nas avenidas dos Bandeirantes e Roberto Marinho, em São Paulo, e a proibição de motos na pista expressa da Marginal Tietê entraram em vigor nesta segunda-feira na cidade . Na prática, porém, tudo parece estar como antes.

Com poucas placas de fiscalização e agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) nas vias, o iG flagou diversos motoristas cometendo irregulares. O caminhoneiro Kosme Ribeirão, de 29 anos, estava parado em um posto de gasolina e foi informado pela reportagem sobre as novas normas. “Não ouvi nada, todo dia passo pela Marginal Pinheiros e ia tomar multa de graça”, disse.

O também caminhoneiro Astor Nelson Juchum, de 53 anos, soube pelo frentista do posto que não deveria estar por ali. “Costumo usar as duas (Marginal Pinheiros e Rodoanel). Às vezes, não dá para optar por uma ou outra, não sei como farei”, disse. As multas só começarão a ser aplicadas em 30 dias. Até então, a Prefeitura afirma que os motoristas terão um período de orientação e adaptação.

Lecticia Maggi, iG São Paulo
Ao contrário dos colegas, o caminhoneiro Aurisbelo Martins é a favor da proibição
Contrariando a maioria, Aurisbelo Martins, de 45 anos, um dos únicos caminhoneiros ouvidos pelo iG a apoiar a medida, defendeu que a cidade já está saturada de caminhões. “Acho que foi bom, caminhões atrapalham demais. E agora com o Rodoanel facilita”, afirmou ele. O engenheiro Fernando Vila Nova, de 53 anos, concordou com a fala de Martins: “deve-se proibir mesmo, mas sem cobrar pedágio”, ressalvou. O que não deve acontecer, já que a partir de 2011 o trecho deve ser pago.

De acordo com a Secretaria de Estado dos Transportes, desde que o trecho Sul do Rodoanel foi inaugurado, em 1º abril deste ano, 5,6 milhões de veículos já passaram pela via. Destes, 60% foram veículos de passeio e 40%, de carga. Com pistas mais livres, muitos caminhoneiros optaram voluntariamente por utilizá-lo, fazendo com que moradores da região da avenida dos Bandeirantes já sintam a diferença. “A melhora no trânsito é incontestável, mas o ar também melhorou. Tinha muita alergia, resfriado”, afirmou o projetista Nilton Alves da Silva, de 62 anos.

No entanto, a falta de informação ainda deve ser um dos empecilhos para que a norma seja cumprida. Na avenida dos Bandeirantes, o iG avistou uma placa advertindo sobre a restrição. O agente da CET Edvaldo Luiz Costa afirmou que estava ali para vistoriar infrações como a falta do cinto de segurança ou o uso de celular ao volante, mas que desconhecia a presença de agentes da empresa na área para orientar caminhoneiros.

Motos

Lecticia Maggi, iG São Paulo
Waldemar Neto considerou "absurdo" a proibição de motos na pista expressa
Na Marginal Tietê, o alvo da polêmica é a proibição das motos na pista expressa. De um lado, motoristas, como Luiz Ferreira, de 55 anos, que considerou excelente a medida. “Já vi vários acidentes, eles não respeitam a fiscalização”. Do outro, os próprios afetados; muitos deles, indigandos. “É o cúmulo, acidente acontece tanto na expressa como na local. Cada motoqueiro que tem que saber de si”, inconformou-se Waldemar Serafim Neto, de 28 anos. “É péssimo, é péssimo”, completou ao lado dele o amigo Cláudio Riccioni, de 42 anos.

O motoboy José de Freitas, de 38 anos, afirmou que só usa a pista expressa. “É mais rápida e agora com mais faixas não está tão perigosa, era mais quando os caminhões ficavam andando com a gente”, disse ele, que garantiu que a proibição não o fará desisir de andar pela via. “A gente dá um jeito, joga um pano sobre a placa”, contou. As multas para os motoqueiros devem começar a ser aplicadas em 15 dias.

Lecticia Maggi, iG São Paulo
Muitos caminhões ainda trafegavam pela Marginal Pinheiros na manhã desta segunda-feira

Acompanhe o trânsito em SP, Rio e Belo Horizonte

    Leia tudo sobre: caminhoneirosmotoristasmotoqueirostrânsito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG