Segundo Secretaria de Segurança Pública, capital paulista foi uma das regiões que mais contribuíram para a queda em abril

O número de homicídios dolosos registrados em São Paulo voltou a diminuir em abril. Foram 36 casos a menos do que em abril de 2010, quando ocorreram 392 mortes intencionais no Estado . No mês passado, caiu para 356 o número de homicídios dolosos. As informações são do balanço de Estatísticas da Criminalidade da Secretaria da Segurança Pública.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, no primeiro quadrimestre deste ano, já chega a 16,27% a diminuição dos homicídios dolosos no Estado. A cidade de São Paulo deu grande contribuição para reduzir os homicídios no Estado, com recuo de 36,85%. De janeiro a abril deste ano, foram computados em São Paulo 178 casos a menos – 483 no primeiro quadrimestre do ano passado e 305 no mesmo período deste ano.

Na Grande São Paulo, sem contar a capital, houve redução de 8,97% nos homicídios de janeiro a abril. Foram 34 casos a menos, com 379 no primeiro quadrimestre de 2010 e 345 no de 2011. No interior e litoral, o número de homicídios dolosos caiu 6,76% até abril, com 703 casos, contra 754 nos primeiros quatro meses do ano passado.

Com a redução, o Estado de São Paulo mantém a expectativa de fechar 2011 com taxa de 9,75 homicídios por grupo de 100 mil habitantes, índice abaixo do patamar considerado não epidêmico pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de 10/100 mil. O Brasil tem taxa média de 25 homicídios por 100 mil habitantes.

Prisões

O número de prisões efetuadas pelas polícias subiu 8% nos primeiros quatro meses, de acordo com as Estatísticas da Criminalidade. Até abril, foram realizadas 43.174 prisões, contra 40.103 no primeiro quadrimestre do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.