São Paulo entra em alerta por causa do tempo seco

Tempo seco deve continuar pelo menos até domingo

iG São Paulo |

A cidade de São Paulo entrou, nesta quarta-feira, em alerta por conta do tempo seco. Por volta das 16h, o índice de umidade do ar estava em 19%, segundo o Instituto Nacional de Meteorologista (Inmet). Pela manhã, a umidade estava abaixo dos 30% e a cidade estava em atenção. Este é o 3º dia seguido que a cidade sofre por conta do ar.

Na terça-feira, a capital paulista viveu o dia mais seco do ano , com 17% de umidade relativa do ar e a Defesa Civil também decretou alerta, segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) realizada no Mirante de Santana, na zona Norte.

Futura Press
Tempo seco dificulta dispersão de poluentes. Imagem mostra a região da Mooca na manhã desta quarta-feira

A Secretaria de Educação informou que as aulas da rede municipal de ensino de São Paulo em geral, e as de Educação Física em particular, não serão suspensas por causa do baixo índice de umidade relativa do ar.

A recomendação, segundo a Secretaria, é para que as escolas evitem a exposição dos alunos em locais descobertos ou por períodos prolongados em dias muito quentes, desenvolvam atividades mais leves durante as aulas de Educação Física, ofereçam oportunidades de hidratação durante a jornada escolar e recomendem o uso do protetor solar.

Nesta quarta-feira, a qualidade do ar está inadequada em sete das 20 estações de medição da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) na região metropolitana de São Paulo. Dez estações têm qualidade regular.

As estações que têm qualidade ruim do ar são: Ibirapuera, São Caetano do Sul, Osasco, São Bernardo do Campo, Taboão da Serra, Mauá e Santo André. O cálculo é feito a partir da medição da quantidade de dióxido de enxofre, partículas inaláveis, fumaça, monóxido de carbono, ozônio e dióxido de nitrogênio no ar.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o tempo seguirá seco nos próximos dias. As mínimas ficam em torno dos 12ºC, enquanto que as máximas chegam aos 30ºC. Pelo menos até domingo não deve chover na cidade.

Sintomas causados pelo tempo seco

Nos meses em que ocorrem poucas chuvas há um aumento nos níveis de dióxido de enxofre no ar, o que propicia o surgimento ou agravamento de doenças respiratórias, cardiovasculares e oculares.

Alguns dos sintomas são: dores de cabeça e irritação nos olhos, nariz, garganta ou na pele; garganta seca, voz rouca, inclusive com possibilidade de inflamação da faringe; rompimento de vasos do nariz, provocando sangramento. Neste período também aumentam a chances de se contrair conjuntivite viral, alérgica, síndrome do olho seco e infartos, principalmente em quem já tem problemas cardiovasculares.

A recomendação da Defesa Civil é que a população evite atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h e não pratique exercícios entre as 11h e 15h.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG