Rebelião na Fundação Casa deixa feridos em São Paulo

Confusão ocorreu na Casa de Guaianazes na ala masculina; duas professoras foram mantidas reféns e dois funcionários ficaram feridos

iG São Paulo |

Adolescentes internos da Fundação Casa de Guaianazes, na zona leste, realizaram uma rebelião na ala masculina, por volta das 10h30, nesta sexta-feira. Segundo a assessoria de imprensa da Fundação, duas professoras foram feitas reféns pelos jovens, mas logo liberadas sem ferimentos graves.

Leia também: Funcionários da Fundação Casa contam como é trabalhar no 'barril de pólvora'

Ainda de acordo com o órgão, os internos foram contidos pelos funcionários do próprio centro, às 11h40. Nesse momento, outro dois empregados ficaram feridos sem gravidade e foram encaminhados para um hospital da região.

A Corregedoria da Fundação Casa está no local e abriu sindicância para investigar o caso. Segundo a assessoria, não houve reivindicações dos jovens.

O Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança e ao Adolescente (Sitraemfa) informou que 48 internos participaram da ação e que um funcionário deixou o local com o braço quebrado. Além disso, segundo o sindicato, sete funcionários foram mantidos reféns, entre eles o próprio diretor da casa.

    Leia tudo sobre: rebeliãofundação casareféns

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG