Raio mata trabalhador rural em Presidente Prudente, em São Paulo

Com esse caso, sobem para 26 as mortes causadas pelas chuvas desde dezembro do ano passado em todo o Estado, diz Defesa Civil

AE |

selo

Um trabalhador rural morreu após ser atingido por um raio em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, na tarde de segunda-feira. Segundo a Defesa Civil estadual, por volta das 17h30, durante uma pancada de chuva, o homem, de 58 anos, foi atingido pelo raio enquanto trabalhava na lavoura do Sítio São João, na Rodovia Júlio Budiscki, no quilômetro 8, Bairro Limoeiro. Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e constataram o óbito no local. A necropsia atestou morte por descarga elétrica.

Com esse caso, sobe para 26 o número de mortes causadas pelas chuvas desde dezembro do ano passado em todo o Estado de São Paulo, segundo a Defesa Civil. Nesse período, 99 cidades foram atingidas, deixando 2.190 desabrigados (aqueles que perderam tudo e precisam de abrigos públicos) e 11.430 desalojados (aqueles que podem contar com a ajuda de familiares e vizinhos).

Os municípios de Mauá, Atibaia, Jundiaí, Socorro, Sumaré, São José dos Campos e Cubatão estão em alerta para novos temporais. As cidades de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Franco da Rocha, Pracinha e Sumaré já decretaram situação de emergência.

    Leia tudo sobre: raiochuvapresidente prudentesão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG