Quadrilha usa carros de luxo para roubar relógios em São Paulo

Grupo formado por três pessoas é suspeito de praticar pelo menos seis assaltos em ruas da Vila Nova Conceição e Itaim Bibi, em SP

Carolina Garcia, iG São Paulo |

A Polícia Civil de São Paulo divulgou nesta quinta-feira imagens da ação de três homens suspeitos de cometerem uma série de roubos de relógios usando carros de luxo nos bairros do Itaim Bibi e Vila Nova Conceição, na zona oeste e sul da capital paulista.

Reprodução/Câmera de segurança
Ladrão sai do carro para assaltar advogado na estrada de shopping em São Paulo
Restaurantes:
Clientes são assaltadas em restaurante no Itaim Bibi

Dupla faz arrastão em restaurante na Vila Nova Conceição

Segundo o delegado titular do 15º Distrito Policial (Itaim Bibi), Paul Henry Verduraz, o grupo atua há seis meses na região, e usa carros de luxo roubados e com placas clonadas nos ataques. “Estiveram na posse de uma Hyundai Santa Fé e Hyundai Veracruz pratas e ultimamente vêm se utilizando de um Volkswagen Tiguan preto”, afirmou. A polícia espera que com a divulgação das imagens os suspeitos possam ser localizados.

As imagens divulgadas nesta quinta-feira são de dois casos. O primeiro deles ocorreu no dia 29 de janeiro, na rua João Lourenço, na Vila Nova Conceição, quando um publicitário voltava de uma padaria. A vítima afirmou que os dois criminosos que desceram de uma Santa Fé prata sabiam exatamente o que iriam roubar. "Para e tira o Rolex. A gente sabe que esse é quente", afirmaram os ladrões, segundo relato do publicitário ao delegado. Eles ainda deram ordem para a vítima sair caminhando no sentido contrário até que fossem embora. Veja as imagens no vídeo abaixo :

O outro caso ocorreu na entrada de um shopping center no Itaim Bibi, no dia 15 de janeiro. Nesse caso, um advogado e a mulher pararam a BMW no valet do estabelecimento e foram seguidos pelos bandidos, que usaram outro carro de luxo, uma Hyundai VeraCruz. Os criminosos estacionaram atrás e um deles desceu do carro correndo e armado para roubar o relógio da vítima. Veja abaixo imagens desse caso :

Segundo a polícia, o grupo é formado por três criminosos. Um age sempre dirigindo e outros dois que abordam as vítimas. O delegado alerta que eles são violentos, sempre estão armados e atiram caso a vítima se recuse a dar o relógio. Pelos casos estudados, o grupo age preferencialmente aos finais de semana.

A quadrilha é suspeita de roubos ocorridos na rua João Lourenço, na Vila Nova Conceição, e nas ruas Joaquim Floriano, Angelina Maffei Vita, alameda Gabriel Monteiro da Silva e avenida Cidade Jardim (dois casos), no bairro do Itaim Bibi.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG