Quadrilha é presa ao invadir casa e fazer famíla refém em São Paulo

Sobrado na Vila Formosa foi invadido por seis criminosos na noite de terça-feira (10); idosos de 82 e 85 anos estavam entre as vítimas

AE |

selo

Uma quadrilha, formada por seis bandidos, com idades entre 18 e 22 anos e armados com um revólver calibre 38 e uma pistola de brinquedo, foi presa, no final da noite de ontem, por policiais militares da Força Tática do 19º Batalhão após invadir, pulando o muro lateral, um sobrado na rua Diomar Ackel, na região de Vila Formosa, zona leste de São Paulo, e fazer uma família refém.

Violência nos Jardins: Bandidos rendem vigia e invadem casa nos Jardins em São Paulo

Na área interna, os bandidos utilizaram uma escada dos próprios moradores para invadir o imóvel pela janela de um dos quartos. O filho do morador, um rapaz de 25 anos, que estava no cômodo, ouviu o barulho e correu para um dos banheiros, de onde ligou para o 190. Enquanto ele falava com a atendente, os ladrões perceberam o que estava ocorrendo e passaram a ameaçá-lo, exigindo que abrisse a porta. 

Como ele demorou a abrir, tentando ganhar tempo para passar informações à policial do Centro de Operações da Polícia Militar, um dos ladrões atirou pela janela. Ferido de raspão na mão direita, ele abriu a porta e foi rendido, juntamente com os pais, de 60 e 59 anos, e os avós, de 82 e 85. Os reféns foram agredidos e trancados nos quartos, onde foram vigiados e permaneceram sob a mira das armas, enquanto o sobrado era revirado. 

Com os dados passados pelo morador, o Copom acionou equipes da área, e o prédio foi cercado pelos policiais. Após breve negociação, a quadrilha se entregou e foi encaminhada ao 69º Distrito Policial, na Cohab Teotônio Vilela. O rapaz foi medicado em um hospital da região e passa bem. Pais e avós ficaram ilesos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG