Proibição de caminhão na Marginal Pinheiros começa nesta quinta

Mesmo com restrições via apresenta maior índice de congestionamento na manhã desta quinta-feira

iG São Paulo |

Começou a valer nesta quinta-feira a proibição da circulação de caminhões na Marginal do Pinheiros, em São Paulo, sob pena de multa. A restrição vale também para a avenidas dos Bandeirantes, Afonso D'Escragnole Taunay e a Jornalista Roberto Marinho. 

AE
Agente da CET multa caminhão na Marginal Pinheiros

A medida faz parte das ações de regulamentação do trânsito de veículos pesados na capital paulista. A restrição é válida de segunda-feira a sexta-feira, das 5h às 21h, e aos sábados, das 10h às 14h, exceto nos feriados. Os Veículos Urbanos de Carga (VUC) que se cadastraram no Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), pelo site da prefeitura, estão livres da medida. A multa é de R$ 85, infração média que contabiliza 4 pontos na carteira de habilitação.

Mesmo com a restrição, a cidade registrava 77 km de lentidão, por volta das 10h. No momento, a Marginal Pinheiros era a via com maior índice de congestionamento, com 18 km na pista expressa sentido Interlagos, da rodovia Castello Branco até a ponte Transamérica. Segundo a CET a lentidão é reflexo de um acidente que ocorreu na via, envolvendo um carro e uma moto, que chegou a bloquear duas faixas na via expressa. A avenida dos Bandeirantes tinha 5,1 km de tráfego intenso de veículos no sentido Marginal Pinheiros, do viaduto Aliomar Baleeiro Término, até o viaduto Santo Amaro.

Fiscalização

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a fiscalização será feita por meio de oito radares eletrônicos, 45 agentes de trânsito e 12 policiais do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran). 

A CET esclarece que a proibição de circulação para a Marginal Pinheiros (em todas as suas denominações) abrange as pistas local e expressa, no trecho compreendido entre a Ponte do Jaguaré e a Ponte do Morumbi (excluídas da restrição as referidas pontes e suas alças de acesso), em ambos os sentidos. Na av. dos Bandeirantes, na av. Afonso D´Escragnole Taunay e na av. Jornalista Roberto Marinho, as restições valem para toda a extensão das vias, em ambos os sentidos. 

Segundo a CET, mais da metade dos caminhões já pararam de trafegar pela Marginal do Pinheiros e pela avenida dos Bandeirantes. Na Marginal, houve queda de 58% no volume de caminhões em relação ao período anterior à inauguração da nova Marginal do Tietê e do Rodoanel Sul - em março, transitavam na via 9.733 caminhões nos horários de pico; em agosto, o volume caiu para 4.060.

Na Bandeirantes, a diminuição foi de 68%, de 5.241 para 1.688. Com a regulamentação da nova restrição, a CET promete fiscalizar a circulação dos caminhões com oito radares dotados de Leitura Automática de Placas (LAP).

Marginal Tietê

Com a adequação da sinalização vertical (placas) ao longo da Marginal Tietê, começa a vigorar a partir desta quinta-feira o novo limite de velocidade para veículos pesados na via. A velocidade máxima para ônibus e caminhões deixa de ser 90 km/h e passa a ser de 70 km/h na pista expressa da Marginal Tietê.

Por ser a principal via da Cidade, com 23,5 quilômetros de extensão em cada sentido, e a que concentra o maior volume de veículos, com 1,2 milhão de viagens por dia, a Marginal Tietê também é a via que registra o maior número de acidentes e de mortes no trânsito. Por esta via circulam, diariamente, 350 mil veículos, sendo 70 mil caminhões. 

A fiscalização será feita por meio de cinco radares eletrônicos instalados ao longo da pista expressa da Marginal Tietê. A multa é de R$ 85,12, infração média, quatro pontos na carteira de habilitação.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: trânsitorestriçãomultamarginalcaminhões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG