Professor de futebol é acusado de abusar de alunos em São Paulo

De acordo com a Polícia Civil, ele confessou os crimes, mas alegou estado depressivo; ele tinha mais de 30 fotos de crianças

AE |

selo

O professor de futebol Alexandre Jesus de Oliveira, de 34 anos, teve a prisão temporária decretada sob a acusação de ter abusado de dois alunos com 11 e 12 anos de idade numa escola municipal de Mairinque, a 71 km de São Paulo.

Ex-jogador Neto: 'Treinadores e dirigentes abusam de garotos'

Ele foi levado nesta quinta-feira (19) para a Cadeia Pública de Pilar do Sul, que abriga detentos acusados de crimes sexuais. De acordo com a Polícia Civil, ele confessou os crimes, mas alegou estado depressivo. Os crimes foram descobertos porque a mãe de uma das crianças desconfiou do comportamento do filho, que adora futebol, mas teria perdido repentinamente o interesse pelas aulas.

Mais casos:

Em Mato Grosso do Sul: Professor é preso suspeito de violentar aluno

No Rio: Professor de jiu-jítsu é preso por abuso sexual

Na Espanha: Professor espanhol é sentenciado a 1 ano por pedir sexo à aluna em troca de nota

Ela procurou a polícia depois de encontrar, no celular do menino, mensagens do professor com teor pornográfico. Numa delas, o professor ameaçava não agendar jogos para a equipe do garoto se os fatos chegassem ao conhecimento dos pais. Oliveira dava aulas para alunos de 11 a 14 anos da Escola Municipal Maria Helena Chenise havia mais de três anos. A polícia apreendeu com ele mais de 30 fotos envolvendo também outras crianças.

O acusado disse ao delegado Alexandre Cassola que é homossexual, sente atração por meninos e precisa de tratamento médico. O delegado acredita que ele pode ter molestado outras crianças e vai pedir a prisão preventiva do acusado até o fim das investigações.

    Leia tudo sobre: professorabuso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG