Renan Augusto Monteiro Debreig, de 25 anos, trabalhava na Penitenciária Nilton Silva, conhecida como P2

selo

A Polícia Civil em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, prendeu hoje dois acusados pela morte de um agente penitenciário.

Renan Augusto Monteiro Debreig, de 25 anos, trabalhava na Penitenciária Nilton Silva, conhecida como P2.

Antonio Carlos Souza e Anderson Souza mataram o agente penitenciário com dez tiros na noite de 27 de setembro deste ano. Um colete à prova de balas foi recuperado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.