Preso suspeito de espancar filha com cabo de vassoura

Mãe encontrou menina, de sete anos, chorando em um canto da sala. Ela contou que foi espancada pelo pai e mostrou os hematomas

AE |

selo

Um vigia de 46 anos foi preso domingo (4) acusado de espancar a filha de sete anos com um cabo de vassoura em Votorantim, a 99 quilômetros de São Paulo. O homem foi denunciado pela mãe da criança, que a encontrou trancada no interior da casa com vários hematomas pelo corpo. A garota estava em prantos e dizia ter sido espancada pelo pai. A mulher, de 40 anos, chamou a Polícia Militar (PM) e os agentes constataram que o vigia usou um cabo de vassoura para agredir a filha.

O suspeito está separado da mulher, mas tem a guarda da menor. Nos dias em que o vigia é escalado para trabalhar durante a noite, a mulher vai até a casa para ficar com a filha. Naquela noite, ela encontrou a casa trancada e pediu ajuda aos vizinhos para invadir o imóvel. A garota, que chorava num canto da sala, mostrou os hematomas causados pela surra. O vigia foi preso por agressão e cárcere privado. Como não tinha dinheiro para pagar a fiança, estipulada em dez salários mínimos, foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. A criança ficou sob os cuidados da mãe.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG