Homem de 22 anos estava foragido após não retornar do indulto do Dia das Mães de presídio de Valparaíso

selo

Policiais civis do 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, prenderam um homem, de 22 anos, na manhã desta terça-feira, acusado de ser o contador do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa que atua na região. 

Foragido da Justiça há sete meses, ele não retornou do indulto do Dia das Mães ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Valparaíso. O jovem possui passagens na polícia por roubo, porte de arma e formação de quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.