Investigações levaram à prisão de comerciante de uma loja de veículos usados em Guarulhos

selo

Um comerciante acusado de financiar e lavar dinheiro do crime organizado foi preso pela Polícia Civil no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, na manhã de quarta-feira.

Dono de uma loja de veículos usados em Guarulhos, na Grande São Paulo, Renato Porfírio de Lemos, de 45 anos, foi detido por policiais do 4º Distrito da cidade que chegaram até o comerciante após dois meses de investigações em torno de roubos de cargas.

Na casa onde ele estava, havia centenas de cartões de crédito e documentos de veículos, uma arma e cerca de um R$ 1 milhão em dinheiro e cheques. Segundo a Polícia, "Firo", como é conhecido, utilizava a revenda de automóveis para financiar quadrilhas e lavar dinheiro para a facção criminosa.

Nos últimos dois meses, Porfírio teria movimentado cerca de 20 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.