Prédio não corre risco de novo desabamento, dizem bombeiros

Edifício no centro de São Bernando do Campo teve um desabamento parcial nesta segunda-feira. Condôminos começam a retirar carros do estacionamento

Carolina Garcia, iG São Paulo |

Técnicos da Defesa Civil da Prefeitura de São Bernardo do Campo realizaram um vistoria no prédio que desabou parcialmente no centro de São Bernando do Campo , na Grande São Paulo, nesta segunda-feira. Um criança morreu e pelo menos mais uma mulher, uma enfermeira da 26 anos, está desaparecida.

Divulgação
Buraco feito no interior do prédio em São Bernardo do Campo
Imagens: Veja fotos e vídeo do desabamento em São Bernardo do Campo
Susto: 'Pensei que já estivesse morta', diz sobrevivente de desabamento

De acordo com a vistoria dos engenheiros, não há risco de novo desabamento no edifício, segundo os bombeiros. As lajes dos 13 andares e mais a do subsolo romperam em um ponto do prédio. As causa ainda são investigadas. Por enquanto estão afastadas as possibilidades de explosão, por não haver sinais de fogo, e de um problema em uma caixa d'água que teria ruído, por não ter sinais desta caixa-dágua entre os escombros.

Por não haver mais risco de desabamento, os bombeiros acompanham alguns condôminos até o estacionamento do prédio para retirar os carros que não foram atingidos.

O Corpo de Bombeiros continua o trabalho de busca pela enfermeira Patricia Alves , 26 anos, desaparecida nos escombros. Patricia trabalhava no sexto andar em um consultório que fica na área que houve o desabamento.

Apesar de achar difícil ter novas vítimas, os bombeiros não descartam a possibilidade de haver outras pessoas soterradas.

Vítimas

O corpo de Julia Moraes, de 3 anos, deve ser liberado do Instituto Médico legal (IML) ainda nesta manhã. Ainda não há informação sobre horário do enterro da menina. As seis pessoas feridas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para hospitais da região.

O pai e a mãe de Julia foram encaminhados para o Hospital São Bernardo. Segundo o hospital, a mãe já foi liberada. Ainda não há informação sobre o estado de saúde do pai. A criança chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto Socorro Central da cidade.

Veja fotos do desabamento:

*Com informações da AE

    Leia tudo sobre: desabamentobombeirossão bernardo do campo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG