Policial suspeito de morte de adolescente em SP é preso

Cabo Wanderlei Aparecido Predoso estaria envolvido no assassinato de Jonathan Felipe dos Santos, de 15 anos

iG São Paulo |

A Justiça decretou, na noite de quinta-feira, a prisão temporária por 15 dias do cabo da Polícia Militar  Wanderlei Aparecido Pedroso, suspeito de ter participado do assassinato de Jonathan Felipe dos Santos, de 15 anos. A decisão foi da juíza Maria Paula Cassone, do 3° Tribunal do Juri, e Pedroso está detido no presídio Romão Gomes, dedicado a policiais.

De acordo com a PM, outros dois policiais militares, cujos nomes a corporação não divulgou, também suspeitos de envolvimento no crime estão recolhidos administrativamente na Corregedoria da Polícia Militar.

O adolescente foi visto pela última vez há duas semanas, na sexta-feira, 23, no centro de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Testemunhas relataram à polícia que dois homens, que teriam se identificado como policiais, desceram de um carro, algemaram Jonathan e o obrigaram a entrar no veículo. Desde então, ele desapareceu. Câmaras de segurança registraram a abordagem e auxiliaram a polícia a chegar até os suspeitos.

Na última quarta-feira, o corpo de Jonathan foi encontrado enterrado no pasto de um sítio na Estrada do Mambo, em Parelheiros, na zona sul de São Paulo. Sob muita comoção, ele foi enterrado na manhã de quinta-feira no Cemitério Recanto do Silêncio, em Itapecerica da Serra.

*Com informações da Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG