Policial civil é executado na zona sul de São Paulo

Policial estava em bar comendo pastel quando suspeito atirou cinco vezes

iG São Paulo |

Um policial civil de 50 anos foi morto por volta das 22h de segunda-feira, em um bar próximo a casa dele, no Jardim Sônia Inga, região de Capão Redondo, zona sul da capital.

Conforme informações da polícia, Antônio José Araújo de Oliveira era escrivão do 92º DP (Parque Santo Antônio) e estava em um bar comendo pastel, na rua Francisco Passarini, quando um homem apareceu e desferiu cinco tiros de pistola calibre 380 em sua direção.

O escrivão foi atingido na cabeça e levado ao Pronto-Socorro do M'Boi Mirim, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo testemunhas, o criminoso chegou e fugiu a pé do local.

Carlos Alberto Delaye Carvalho, delegado titular do 92º DP, disse que Oliveira não costumava andar armado e era "um policial tranquilo, que tocava em uma banda de forró e viajava com frequencia ao Ceará". Familiares afirmaram que faltavam três anos para sua aposentadoria. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

    Leia tudo sobre: policial civilexecuçãosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG