Operação da polícia paulista contou com agentes disfaçados que foram atacados por quadrilha que tentava roubar van dos Correios

Policiais civis do Estado de São Paulo prenderam um homem e mataram outro suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em roubo de veículos dos Correios. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) paulista, o confronto ocorreu durante uma operação envolvendo 12 policiais disfarçados de funcionários da empresa, na Vila Cachoeirinha, na zona norte da capital

Van dos Correios utilizada pelos policiais nesta quarta-feira
Divulgação
Van dos Correios utilizada pelos policiais nesta quarta-feira
A SSP informou que as investigações começaram em dezembro. A equipe do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) preparou um levantamento das ações dessas quadrilhas e identificou que principais alvos escolhidos eram vans responsáveis pela entrega de objetos eletroeletrônicos. A região que apresentava os maiores índices desse tipo de roubo era a Vila Cachoeirinha. Disfarçados com o uniforme dos Correios, os policiais assumiram as entregas nesta manhã. Na van foram dois investigadores na frente - condutor e ajudante - e outros quatro no compartimento de cargas.

De acordo com a polícia civil, o veículo foi atacado na rua Afonso Lopes Vieira por pelo menos oito homens em quatro motos. Os investigadores simularam a rendição e concordaram em abrir o compartimento de carga, quando os policiais deram voz de prisão. Segundo a polícia, o cobrador M.T.S., de 28 anos, atirou na equipe e foi alvejado por dois tiros e morreu. O padeiro D.S.M., de 42 anos, foi preso e os outros integrantes do bando fugiram. Ainda foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma moto Honda CG 125.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.