Polícia prende taxista suspeito por sequestros em shopping de SP

Jovem de 21 anos trabalhava como taxista em um ponto ao lado do Shopping Anália Franco, na zona leste, onde escolhia as vítimas

iG São Paulo |

Policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), da Polícia Civil do Estado de São Paulo, prendeu na manhã desta quinta-feira um taxista que seria responsável por pelo menos dois sequestros-relâmpago ocorridos neste mês com duas mulheres na saída do Shopping Anália Franco, na zona leste de São Paulo.

O preso é o taxista João Paulo Ramos da Silva, de 21 anos, que dividia o carro com o seu pai, um dos taxistas mais antigos da região. Os ataques aconteceram nos dias 6 e 23 deste mês. Segundo a polícia, o pai não tinha conhecimento dos crimes cometidos pelo filho.

De acordo com delegado Amadeu dos Santos, que realizou a prisão, Lira, se valendo da condição de taxista regulamentado pela prefeitura e trabalhando no ponto de táxi anexo ao shopping, analisava as possíveis vítimas e passava os dados para o comparsa, que já foi identificado, e ainda está foragido. Eles se revezavam na abordagem das vítimas.

Na ação, os sequestradores usavam uma arma, que foi apreendida, e violência psicológica ameaçando as mulheres. O suspeito foi preso em flagrante e levado a um Centro de Detenção Provisória de São Paulo, onde está à disposição da Justiça.

    Leia tudo sobre: shoppinganália francosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG