Polícia prende suspeitos de matar estudante em frente de casa

Segundo a corporação, um menor de idade teria disparado contra Carlos Eduardo de Souza Garcia, de 24 anos

Márcio Apolinário, iG São Paulo |

A Polícia Civil de São Paulo prendeu um menor, de 17 anos, suspeito de ter matado o estudante Carlos Eduardo de Souza Garcia, de 24 anos, que foi assassinado na porta de sua própria casa, na rua Xavier da Rocha, Vila Prudente, zona leste de São Paulo no último dia 8 de março.

Os suspeitos Diogo de Amorim Cruz, de 21 anos, e Antonio Charles Vieira Rebouças, de 21 anos, também foram apresentados pela polícia nesta terça-feira, e são acusados de envolvimento na morte do jovem. De acordo com a polícia, um quarto suspeito permanece foragido: Wellington Batista da Silva, de 20 anos. Os homens responderão por latrocínio (roubo seguido de morte).

Policiais civis do 56º Distrito Policial localizaram, por meio de denúncias anônimas, um rapaz que confessou o crime. As investigações prosseguiram e a polícia conseguiu identificar os outros dois suspeitos, que também foram detidos.

Imagens gravadas por câmeras da residência do universitário mostram o momento em que ele é atingido por um tiro ao chegar em casa. No vídeo é possível ver que o estudante de letras chegou ao imóvel por volta das 20h da terça-feira, feriado de carnaval. Ele passou pelo portão e já estava dentro do quintal quando um homem armado entrou e o abordou.

As imagens mostram que o criminoso que aponta o revólver para Garcia deixa a residência sem levar nada, mas volta e atira contra a cabeça do rapaz. Ele estava agachado, tentando se proteger. Socorrido pelos pais, ele recebeu atendimento em dois hospitais, mas morreu.

    Leia tudo sobre: assassinatozona lestesão pauloestudante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG