Segundo a PM, motorista e cobrador reconheceram o detido como o autor do crime

selo

A Polícia Militar prendeu nesta terça-feira à tarde um dos suspeitos de ter colocado fogo em ônibus da Viação Riacho Grande por volta das 5 horas da última madrugada, na altura do nº 1.400 da rua dos Feltrins, no bairro Demarchi, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A prisão aconteceu no Jardim Ipê, em São Bernardo do Campo.

Ônibus da Viação Riacho Grande incendiado em São Bernardo do Campo ficou totalmente destruído
Agência Estado
Ônibus da Viação Riacho Grande incendiado em São Bernardo do Campo ficou totalmente destruído
De acordo com a PM, o motorista e o cobrador reconheceram o criminoso. O suspeito, que é procurado pela Justiça, foi encaminhado ao 8º Distrito Policial da cidade. 

Segundo a Guarda Municipal, dois homens armados entraram no ônibus após darem sinal na Estrada dos Casa e, cinco minutos depois, anunciaram que iriam atear fogo no veículo. O motorista foi obrigado a parar o coletivo, permitindo que todos os passageiros descessem. Munida também de um coquetel molotov, a dupla incendiou o veículo e fugiu a pé em direção à favela do bairro de Nossa Senhora de Fátima. Ninguém ficou ferido. O caso será registrado no 3º Distrito Policial de São Bernardo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.