Polícia prende segundo suspeito de matar estudante na USP

Armado, homem de 24 anos foi preso nesta quinta-feira quando se preparava para roubar um carro

iG São Paulo |

AE
Polícia prende segundo suspeito de matar estudante na USP
Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de São Paulo prenderam na tarde desta quinta-feira o segundo suspeito de participar do assassinato do estudante Felipe Ramos de Paiva , de 24 anos, no dia 18 de maio, no estacionamento da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o auxiliar administrativo Daniel Paula Celeste Souza, de 24 anos, foi detido com um revólver Taurus, calibre 38, com a numeração raspada, na rua Carlos Belacosa, em Osasco, na Grande São Paulo. De acordo com a polícia, o auxiliar confessou aos policiais que pegou a arma emprestada para roubar um carro que seria desmanchado.

No começo de junho o primeiro suspeito foi preso. O jovem Irlan Graciano Santiago, 22 anos, se entregou à polícia e confessou ter participado do assassinato .

Segundo Santiago, o autor do disparo que matou o estudante seria um comparsa que teria participado com ele de uma tentativa de roubo. Na época, o  advogado de Santiago disse que seu cliente e o comparsa ficaram dando voltas por cerca de uma hora na USP, sem serem notados por nenhum segurança, até que avistaram Felipe no estacionamento. Durante a tentativa de roubo, os dois teriam brigado e o estudante foi baleado na cabeça.

AE
Crime ocorreu por volta das 22h desta quarta-feira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG