Polícia prende mulher que vendia dinamite em São Paulo

Durante fiscalização, policiais encontraram três caixas com o explosivo, totalizando aproximadamente 75 kg

AE |

selo

Duas pessoas foram presas na noite de terça-feira (19) com 75 kg de dinamite, em Salto, no interior de São Paulo. O material estava em uma chácara na zona rural da cidade, no bairro Ituaú. Policiais fizeram campana no local, na rua Ana Richter, após receber denúncia anônima. 

Às 20h15, o veículo de um possível comprador entrou na chácara e, alguns minutos depois, duas pessoas carregavam o porta-malas do carro. Um homem que saiu dirigindo o veículo foi abordado pela polícia. No porta-malas foram encontrados dez rolos de cordel detonante e três caixas de espoleta. 

Uma equipe levou o material explosivo e o suspeito até a delegacia da cidade, enquanto outros agentes voltaram à chácara. No local, eles foram recebidos por uma mulher de 32 anos. Durante fiscalização na residência, os policiais encontraram três caixas com dinamite, totalizando aproximadamente 75 kg. A mulher foi detida e levada para a delegacia. 

Uma testemunha contou aos policiais que o local é utilizado como depósito para armazenar materiais explosivos há pelo menos um ano. A polícia tenta descobrir qual seria o destino da carga.

    Leia tudo sobre: explosivoapreensãosão paulodinamite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG