Polícia investiga se jovens disputavam racha em São Roque

Laís Cristina, que morreu no acidente, usou o Twitter para dizer que participava de um racha. Veículo era conduzido por um garoto de 16 anos

iG São Paulo |

A polícia investiga se a vendedora Laís Cristina da Costa, de 18 anos, morta no último sábado (23), participava de racha na cidade de São Roque, interior de São Paulo. Laís estava no banco da frente de um dos carros que estariam na disputa. Momentos antes do acidente, a jovem postou no Twitter dizendo que o motorista era "doido" e que estava "tirando racha com uns meninos".

Um garoto de 16 anos era quem estava conduzindo o veículo onde Laís estava. Antes de sair de casa, na mesma cidade, ele também utilizou a rede social para anunciar um racha na Rodovia Raposo Tavares, que liga São Paulo ao interior do Estado. Segundo as mensagens do Twitter, o jovem afirmou que o próprio pai "estaria bonzinho" ao empresar o carro para a disputa.

Outros dois jovens também estavam no veículo. Uma menina de 13 anos e um garoto de 15 ficaram levemente feridos. O motorista fraturou o ombro e não corre risco de morrer. Caso a polícia confirme que o carro foi emprestado pelo pai, o mesmo poderá sofrer pena de seis meses a um ano de prisão.

    Leia tudo sobre: rachaacidentesão roquemorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG