Polícia investiga morte em piscina de clube em Taquaritinga

Garoto de 5 anos foi sugado por tubulação de piscina que era esvaziada no interior de São Paulo

AE |

selo

A Polícia Civil de Taquaritinga, no interior de São paulo, está investigando a morte por afogamento do menino João Paulo de Jesus Maria, de 5 anos, ocorrido na tarde deste domingo, na piscina do Clube Náutico. O garoto pulou numa das três piscinas do clube, a que estava sendo esvaziada. Ele ficou preso no fundo da piscina e foi sugado pela tubulação que lançava a água numa represa próxima. 

Dois soldados do Corpo de Bombeiros, que estavam de folga, estavam no clube, ajudaram no socorro e tentaram reanimar João Paulo, que morreu no local. O incidente ocorreu por volta de 19h15.

Funcionários do clube abriram a comporta para esvaziar a piscina, que seria um procedimento normal, segundo dois deles alegaram em depoimento. Porém, uma tela de proteção não estava no início da tubulação, no fundo da piscina. As pessoas que socorreram o menino precisaram escavar o solo com as mãos e quebrar uma estrutura da tubulação para retirá-lo. Mas o garoto já estava morto. 

O delegado Renato Cândido Soares ouviu dois depoimentos hoje e disse que, além da perícia criminal, sobre o acidente, o delegado-titular Claudemir Aparecido Pereira Silva, que comanda a investigação, pediu uma perícia de engenharia ao Instituto de Criminalística (IC), para avaliar a estrutura da piscina do clube e se os procedimentos eram corretos. Além de João Paulo, o pai dele também teria sido sugado, mas resistiu e salvou-se. Outras pessoas e outros funcionários ainda serão ouvidos pela polícia. 

O inquérito policial, que apura "morte suspeita", deverá ser concluído em 30 dias. Soares diz que poderá ser indicado homicídio culposo (sem intenção) ou com dolo eventual após as conclusões das investigações. Nesta segunda-feira, o clube ficou fechado em luto pela morte da criança, e a diretoria irá aguardar a investigação policial.

    Leia tudo sobre: piscinataquaritingamorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG