Dois homens foram encontrados carbonizados nos últimos dias. Uma das vítimas foi achada com as mãos amarradas

Carroça queimada foi achada na região do Brás
AE
Carroça queimada foi achada na região do Brás
Policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) devem começar a investigar, nesta segunda-feira, a morte dos dois carroceiros que foram encontrados mortos nos últimos dias.

O primeiro caso aconteceu na última quarta-feira (04), quando um corpo foi encontrado carbonizado dentro de um carrinho na região do Brás, na zona leste de São Paulo. O homem foi encontrado com requintes de crueldade, já que o mesmo foi achado com as mãos amarradas.

A polícia também investiga imagens da câmera de segurança de um prédio que flagraram o momento em que um homem se aproxima de uma carroça, que está estacionada do lado direito da rua. O suspeito se abaixa e segundos depois a carroça pega fogo.

As imagens mostram também que o suspeito corre e que alguns homens que conversavam muito próximo ao local não esboçam nenhuma reação depois do incêndio.

No último sábado (07), a Polícia Militar encontrou por volta das 23h30 outro corpo carbonizado dentro de uma carroça na rua Pires Ramos, na altura no número 106. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a polícia investiga se as vítimas eram moradores de rua e o que teria originado os incêndios. Os dois casos têm as investigações conduzidas em paralelo, já que os casos são semelhantes. null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.