Polícia identifica três suspeitos de espancar motorista de ônibus em SP

Investigação contou com policiais disfarçados na região onde 50 pessoas espancaram condutor Edmilson Alves na última segunda-feira

iG São Paulo |

A Polícia Civil identificou três homens que teriam participado do linchamento do motorista Edmilson dos Reis Alves, de 59 anos, morto na madrugada de segunda-feira (28). O delegado-titular do 69º DP, Antônio José Pereira, afirmou que os três acusados são homens e que dois já foram ouvidos na delegacia. Conhecidos como Doido, Zé Bob e Gregory, os acusados foram identificados após informações anônimas dos moradores de Sapopemba, bairro da zona leste da capital.

Dor da família: 'Nem um bicho faria isso', diz mulher de motorista linchado

Edmilson foi espancado após sofrer um mal súbito quando dirigia seu ônibus. Após perder o controle do veículo e atropelar uma pessoa, o ônibus da Via Sul bateu em três carros e duas motos estacionadas na rua. Uma cobradora, que pegava carona, conseguiu puxar o freio de mão e parar o veículo. Segundo a Polícia Civil, 50 frequentadores de um baile funk que ocorria na região agrediram o motorista e ainda roubaram R$ 25 do caixa do cobrador.

AE
Condutor teria passado mal e perdito controle do veículo. Cerca de 50 pessoas participaram da agressão

Saiba como foi: Motorista de ônibus passa mal, bate o veículo e é linchado em SP

Amigos pedem justiça: Corpo de motorista linchado após bater ônibus é enterrado

De acordo com o delegado, investigadores se infiltraram na região da Rua Torres Florêncio e Rielli, onde o motorista foi agredido. Assim os agentes disfarçados conseguiram encontrar três nomes: Doido, Zé Bob e Gregory, denunciados pelos próprios moradores. Os dois primeiros já prestaram depoimentos e, segundo Pereira, assumiram parcialmente a autoria dos ataques.

"Eles relataram que jogaram pedras no coletivo e que entraram no veículo também. Um deles até comentou que agrediu Edmilson. O segundo relatou que foi agredido pelo motorista e explicou isso mostrando ferimentos na mão", explicou o delegado. Ele contou ainda que as informações obtidas nos depoimentos foram consideradas suficientes para o indiciamento dos suspeitos. Doido e Zé Bob responderão por homicídio qualificado. Gregory, o terceiro acusado, ainda não compareceu para prestar esclarecimentos e é aguardado pela polícia. 

"Os outros dois vieram sozinhos, não precisamos ir buscá-los", disse Pereira. Não há informações de quando o depoimento de Gregory será realizado. O delegado explicou ainda que, como os suspeitos possuem residência fixa, eles poderão responder ao processo em liberdade. 

    Leia tudo sobre: suspeitosmotorista de ônibuslinchamentozona leste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG