Polícia diz ter nova prova que incrimina ex de Mércia Nakashima

Delegado afirma ter localizado celular que Mizael Bispo de Souza usou para tramar a morte da advogada Mércia Nakashima

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

O delegado Antônio Olim, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que comanda as investigações sobre o assassinato da advogada Mércia Nakashima, de 28 anos, afirmou nesta terça-feira que a polícia descobriu um terceiro celular pertencente a Mizael Bispo de Souza.

AE
Principal suspeito de matar a ex-namorada Mércia Nakashima, Mizael sorri na chegada ao DHPP e se diz "tranquilo"

O aparelho, que não havia sido declarado por ele, foi usado, segundo a polícia, para combinar com o vigia Evandro Bezerra da Silva como seria o crime. “No dia 23 de maio, ele falou 16 vezes com Evandro neste aparelho”, afimou Olim.

De acordo com o promotor Rodrigo Merli Antunes, que acompanhou o depoimento de Mizael nesta terça-feira, o celular não estava no nome de Bispo e foi usado quase que exclusivamente no dia do desaparecimento de Mércia. “Ele ligava para Mércia de um número e para o Evandro deste outro”, afirmou. “A última ligação foi do dia 23. Para despistar a polícia, assim que foi considerado suspeito, ele se desfez”, completou o promotor.

A polícia informou que esta nova prova foi apresentada a Bispo durante o depoimento que ele prestou nesta manhã, o que o teria deixado bastante nervoso. “Ele não esperava isso e ficou desconsertado. Temos certeza da participação de ambos no crime”, afirmou o promotor Rodrigo Antunes. Por cerca de 1h30 Bispo foi interrogado por policias do DHPP, além do delegado Antonio Olim e do promotor Rodrigo Merli Antunes.

Apesar de não estipular a data, Antunes garantiu que a polícia irá pedir novamente a prisão preventiva de Bispo. “Ele disse que só iria se apresentar quando a prisão não fosse arbitrária. Ele continua mostrando que não vai se submeter às decisões judiciais e a prisão é necessária para que ele não fuja caso seja condenado”, disse o promotor.

Defesa

Bispo deixou a sede do DHPP por volta das 12h sem falar com a imprensa. Na saída, a polícia o escoltou até a calçada, o que não impediu que alguns populares batessem no carro do policial militar aposentado. O advogado dele, Samir Haddad Jr., afirmou que seu cliente respondeu todas as perguntas e manteve as versões que foram apresentadas das outras vezes.

Segundo ele, Bispo afirmou que não era amigo do vigia Evandro da Silva e que eles apenas mantinham relações profissionais. O advogado não comentou sobre a descoberta do novo celular. “Até que se prove o contrário ele é inocente”, disse.

Entenda o caso

ARQUIVO PESSOAL
Mércia desapareceu no dia 23 de maio e corpo foi localizado no dia 11 de junho
Mércia foi vista pela última vez no início da noite do dia 23 de maio, no bairro Macedo, em Guarulhos, na casa da avó. Depois que saiu de lá, não fez mais contato com amigos ou a família.

Mércia e Mizael foram sócios e namorados. Em entrevista ao iG, a irmã de Mércia, Claudia Nakashima, disse que o namoro dos dois foi marcado por idas e vindas e muitas brigas. Quando estava com ele “Mércia era outra pessoa”. “Ela não podia falar com ninguém, vizinhos do prédio até falam que quando ela estava sozinha no elevador cumprimentava; quando estava com ele, abaixava a cabeça”, diz Cláudia.

No dia do sumiço de Mércia, o advogado diz que foi visitar a filha e um irmão, com quem almoçou e, depois, saiu com uma garota de programa. Um fato que complica a situação de Bispo é que o rastreador do carro dele mostrou que das 18h40 às 22h38 ele ficou estacionado em frente ao estacionamento do Hospital Geral de Guarulhos, em uma rua a menos de cinco minutos da casa da avó de Mércia.

No dia 11 de junho, um pescador encontrou o corpo de Mércia boiando em uma represa de Nazaré Paulista. No mesmo local, um dia antes, homens do Corpo de Bombeiros de Atibaia já haviam localizado o veículo da vítima, com todos os pertences dela dentro.

    Leia tudo sobre: mécia nakashimamizael bispoguarulhos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG