Polícia Civil faz maior apreensão de cocaína em São Paulo

Cinco pessoas foram presas em uma chácara de Ibuína, no interior de São Paulo

iG São Paulo |

AE
Cocaína apreendida nesta sexta-feira
Mais de meia tonelada de cocaína foi apreendida em uma investigação do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) em um sítio na cidade de Ibiúna, a 63 quilômetros da capital paulista, no início da manhã desta sexta-feira. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, essa foi a maior apreensão de cocaína já realizada pelo departamento. Cinco pessoas foram presas.

Essa carga de mais de 500 quilos foi apreendida após investigação sobre uma outra carga apreendida, de 300 quilos, feita em São Bernardo do Campo, no Grande ABC, por policiais militares no mês de abril. A conexão entre as duas apreensões foi confirmada pelo diretor do departamento, Marco Antonio de Paula Santos. A balconista C.P.S., 32, presa após a ação policial em São Bernardo, é irmã do eletricista E.P.S., 35, preso hoje em Ibiúna.

Ao investigar a quadrilha, suspeita de fornecer drogas em grandes quantidades, os policiais civis localizaram uma chácara em Ibiúna, pertencente a R.C.O., de 38 anos. De campana, os policiais abordaram o comerciante M.A.J., 41, e o servente L.C.G., 27, quando chegavam em uma caminhonete. Após a abordagem, os policiais se dirigiram para dentro da chácara, onde estavam o eletricista, o comerciante G.F., 48, e o proprietário da chácara.

Depois de sentirem um cheiro forte de cocaína vindo do caminhão, os policiais retiraram o assoalho e encontraram a droga. A mercadoria vinha do Mato Grosso do Sul e abastecia o centro e a zona sul da capital, além do ABC Paulista e a Baixada Santista. Os cinco detidos foram levados à sede do Denarc e indiciados por tráfico de drogas e formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: drogacocaí­na

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG