PMs são presos suspeitos de atearem fogo em jovem na Grande SP

Policiais foram presos nesta terça-feira e segundo porta-voz da PM, "há indícios suficientes para o auto de prisão em flagrante"

AE |

selo

Seis policiais militares poderão responder por suspeita de atearem fogo em um jovem que estaria tentando furtar uma construção nesta terça-feira, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

Segundo o capitão Luiz Antônio Rosa, porta-voz da PM, "há indícios suficientes para o auto de prisão em flagrante". Os seis já receberam voz de prisão. Eles deverão ser encaminhados ao Presídio Militar Romão Gomes. 

O caso está sendo resolvido pela PM em conjunto com a Polícia Civil. Da parte da PM, serão punidos por tentativa de homicídio dentro de um inquérito policial militar. Pelo lado civil, "dentro do Código Penal comum, pode se verificar o crime de tortura, especificado na norma comum", esclareceu o capitão.

    Leia tudo sobre: Taboão da Serrapmscrimepoliciais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG