PF prende em Santos sérvio procurado pela Interpol

Homem de 31 anos foi condenado na Sérvia a 40 anos de prisão pelo crime de latrocínio

AE |

selo

Um sérvio, de 31 anos, foi preso nesta quarta-feira pela Polícia Federal (PF), em Santos, no litoral de São Paulo. O homem, que no Brasil usava o nome falso de Edin Lipa, foi condenado, em seu país, a 40 anos de prisão pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte), cometido em 1998. Por isso, era procurado pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). 

Segundo a PF, o sérvio vivia com uma brasileira e teve uma filha, que hoje tem três anos. No Brasil, ele trabalhou em uma loja de automóveis na Praia Grande e foi proprietário de um restaurante na Baixada Santista. 

A prisão foi realizada após seis meses de investigação. O Supremo Tribunal Federal (STF) expediu um mandado de prisão para fins de extradição depois de receber um pedido do governo da Sérvio. O sérvio está sob custódia da superintendência da PF em São Paulo e permanecerá preso enquanto tramita o processo de extradição.

    Leia tudo sobre: sérviopfsantos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG