Pelo menos um assaltante participou de roubo à Tiffany e à Rolex

Imagens das câmeras de segurança do shopping Cidade Jardim analisadas pela polícia mostram suspeito em duas ações

iG São Paulo |

AE
Fachada do Shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo
O Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) de São Paulo considera que pelo menos um dos homens que participou do assalto à Tiffany, do shopping Cidade Jardim, na zona sul de São Paulo, no dia 16 de maio, tenha participado também do roubo à loja Corsage, em 7 de junho. Ele foi indentificado como Anderson José da Silva.

O delegado Adalberto Henrique Barbosa, do Deic, afirmou, inclusive, que a quadrilha pode ter assaltado a Tiffany por engano, quando o alvo do crime já seria a loja distribuidora dos relógios importados da marca Rolex . Em depoimento, funcionários da joalheria relataram que os suspeitos pediam por relógios e mostravam desconhecer o valor das jóias. Pode ser por este motivo que três semanas depois eles voltaram ao shopping, segundo ele.

A polícia já obteve e analisou as imagens das câmeras de segurança do local que mostram a ação dos criminosos na loja da Rolex. Por meio delas, pretende chegar aos assaltantes. Até esta terça-feira, nenhum dos indívidudos envolvidos no roubo havia sido preso.

Já no caso da Tiffany, dos oito homens que aparecem nas imagens anteriormente obtidas pela polícia, quatro foram presos. As mercadorias dos dois assaltos não foram recuperadas. Somente o prejuízo causado à Tiffany foi avaliado em R$ 1,5 milhão. O valor roubado da Rolex ainda não foram divulgados.

Carro recuperado

Policiais militares localizaram, por volta da 1h de terça-feira, na altura do número 464 da Avenida Inácio da Cunha Leme, no Jardim Suzano, região do Socorro, também na zona sul, um dos veículos utilizado durante o roubo à Corsage . Trata-se de de um Citroën C4 Pallas preto, clonado.

Durante patrulhamento, os policiais encontraram o veículo estacionado na via, destrancado e com o vidro lateral do passageiro aberto. No banco traseiro, havia dois radiocomunicadores e, no assoalho, do lado do passageiro, foi encontrado o martelo usado para quebrar as vitrines de mostruários da loja da Rolex.

Segundo a polícia, o carro é um dublê de outro veículo idêntico, mas de placa diferente, que foi roubado no dia 2 deste mês na região da Mooca, na zona leste.

Shopping Cidade Jardim

Localizado no bairro do Morumbi, zona sul paulista, o Shopping Cidade Jardim foi inaugurado em maio de 2008 e é um dos mais luxuosos do Brasil. Ali, há grifes como Hermès, Chanel, Longchamp, Louis Vuitton e Giorgio Armani. Ele conta com cerca de 120 lojas em 78 mil m², além de salas de cinema, academia e até um SPA. Há também um condomínio de alto padrão em anexo ao centro comercial.

    Leia tudo sobre: rouboshopping Cidade jardimrolextiffany

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG