Pedágio urbano só tem apoio de 20% dos paulistanos

Levantamento do Ibope mostra que caiu em relação a 2009 o porcentual de pessoas que aprovavam medida

AE |

selo

Apenas um quinto dos paulistanos é a favor do pedágio urbano no centro expandido, de acordo com a quarta edição da pesquisa de percepção sobre mobilidade em São Paulo feita pelo Ibope para o Movimento Nossa São Paulo. O levantamento mostra que 20% dos moradores da capital paulista são a favor do pedágio - o índice era de 26% na mesma pesquisa do ano passado. Disseram ser contra a cobrança 78%. A margem de erro do levantamento é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.

Também é pequeno o apoio para aumentar o rodízio de veículos para dois dias na semana - hoje os veículos são proibidos de circular em determinados horários apenas uma vez por semana. Apenas 41% dos paulistanos são favoráveis à ideia do rodízio de dois dias, ante 52% em 2009. E subiu de 46% para 56% os que disseram ser contra o projeto.

O porcentual dos que afirmaram ser a favor de multar o motorista que para em cima da faixa de pedestre passou de 83%, no ano passado, para 93% na nova pesquisa.

A proibição de estacionamento de veículos em ruas e avenidas do centro expandido ganhou o apoio de 62% dos paulistanos; 35% disseram ser contra. Esse item teve avaliação positiva para 62% dos entrevistados que são motoristas.

A pesquisa, realizada nos dias 25 a 30 de agosto, ouviu 805 paulistanos com 16 anos ou mais.

    Leia tudo sobre: pedágio urbanosão paulorodízio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG