Paciente morre e médicos se agridem no interior de SP

Ambulância teria demorado cerca de 1h30 para chegar a unidade de saúde de São José do Rio Preto

iG São Paulo |

Um homem de 51 anos morreu, na madrugada de terça-feira, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Antunes, na região norte da cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e dois médicos se agrediram. Um dos profissionais foi demitido por justa causa nesta quarta-feira.

Segundo informações da Secretaria de Saúde do município, Carlos Ferreira da Silva deu entrada no pronto-socorro se queixando de dores no peito e formigamento nas mãos. Ele foi atendido pelo médico plantonista J.C.M.F. que, devido à gravidade do caso, solicitou uma ambulância com urgência para que o paciente fosse transferido para um hospital.

A secretaria afirma que, enquanto esperava pelo veículo, Silva teve uma parada cardíaca e três médicos fizeram massagem e manobras de ressuscitação para tentar reanimá-lo, mas em vão, e ele morreu no local.

Parentes da vítima alegam que a ambulância demorou cerca de 1h30 para chegar. E é justamente neste ponto que está o impasse, já que o atraso no socorro pode ter colaborado para a morte de Silva. A Secretaria de Saúde informou apenas que instaurou um processo para investigar o caso, no qual pede dados sobre as ligações feitas ao Samu, horário de saída e chegada, mas ainda não tem informações sobre quanto tempo o veículo demorou.

Quando o carro chegou, Silva já estava morto e o médico do SAMU que estava na ambulância, R.T.R.S., teria se desentindo com o plantonista do pronto-socorro, possivelmente, por questões ligadas ao atraso. Houve agressão física, segundo a secretaria.

O órgão afirma que R.T.R.S foi demitido por justa causa e, J.C.M.F, afastado por 30 dias para a conclusão do inquérito. A secretaria informa que foi aberto um processo para investigar a conduta dos dois profissionais e, dependendo do resultado, o caso pode ser levado ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG