Outra vítima teria sido agredida por grupo de jovens

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, rapaz disse ter sido atacado em casa noturna em Moema

Márcio Apolinário, especial para o iG |

nullUma outra vítima dos ataques praticados pelos quatro adolescentes envolvidos em atos de agressão na Avenida Paulista teria sido agredida em uma casa noturna no bairro de Moema, na zona sul de São Paulo, de acordo com a Polícia Civil.

A vítima foi ouvida na terça-feira no 5º Distrito Policial, mas não tinha registrado boletim de ocorrência. Segundo o delegado José Matallo Neto, o rapaz não prestou queixa no dia da agressão e foi direto ao Ministério Público quando soube que os adolescentes tinham feito outras vítimas. Ainda segundo o delegado, a vítima teria reconhecido um dos agressores em um site de relacionamento. “Essa agressão também foi sem nenhum motivo. Não dá para entender o porquê de tanta barbaridade. Foram agressões gratuitas”, comentou o delegado.

A Polícia Civil divulgou também na terça-feira novas imagens da primeira agressão feita pelo grupo de cinco jovens na Avenida Paulista . Em gravação feita pela câmera de segurança de um prédio, a vítima está esperando um táxi quando o grupo se aproxima e começa a agredi-la sem nenhum tipo de aviso.

Após receber chutes e socos, o rapaz cai no chão e continua sendo atacado pelo grupo. Outra câmera de segurança mostra o momento em que o jovem é socorrido.

Ainda na tarde de terça-feira, a 1ª Vara da Infância e Juventude de São Paulo decretou a internação provisória dos quatro adolescentes envolvidos nas agressões . De acordo com a promotora da Infância e da Juventude Ana Laura Lunardelli, os jovens vão responder a processo internados na Fundação Casa. Todos devem ser julgados por uma tentativa de homicídio, duas lesões corporais e um roubo.

    Leia tudo sobre: agressãopaulistaadolescentesviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG