Operação padrão da PF causa filas em Congonhas

Checagem de documentos mais detalhada gerou filas nos embarques, situação que já foi normalizada, segundo a Infraero

iG São Paulo |

A Polícia Federal realizou operação padrão no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, das 14h às 14h40 desta quarta-feira, como forma de protesto. A categoria pede a reestruturação da carreira e da tabela salarial. De acordo o Sindicato dos Servidores da Polícia Federal de São Paulo (Sindpolf-SP), a checagem de documentos mais detalhada gerou filas nos embarques, situação que já foi normalizada, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). 

Na sede da PF na Lapa, na zona oeste da capital paulista, funcionários permitiram a entrada apenas de pessoas com atendimento agendado para a retirada de passaporte. A ação gerou filas e algumas pessoas tiveram de voltar para casa sem o documento. Policiais Federais de todo o Brasil aderiram à paralisação por 24 horas, anunciada ontem pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef). 

De acordo com nota do órgão, nesta quarta-feira, os agentes farão ainda uma avaliação do diretor-geral, superintendentes e chefes de delegacia em todas as unidades da PF. Uma reunião está marcada para o fim da tarde, em Brasília, com representantes da Fenapef e do Ministério do Planejamento.

    Leia tudo sobre: operação padrão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG