Operação fecha lojas da Feira da Madrugada em São Paulo

Operação de combate à pirataria, iniciada pela Prefeitura em agosto, apreendeu mais de 5 milhões de produtos irregulares

AE |

selo

A Prefeitura de São Paulo voltou a fechar nesta manhã lojas da Feira da Madrugada, no Pari, região central da cidade. Alguns lojistas que tiveram os estabelecimentos fechados possuíam o selo de adequação. Em nota, a Secretaria da Segurança Urbana informou que "havia irregularidades no cadastro de alguns comerciantes" e que todos foram devidamente alertados de que o "Selo de Adequação" seria suspenso em caso de problemas.

O selo foi concedido em agosto aos comerciantes que apresentaram documentos comprovando a origem dos produtos. De acordo com a Secretaria da Segurança Urbana, os comerciantes que tiveram produtos apreendidos e possuem a documentação em ordem, como nota fiscal válida, podem requerer a devolução da mercadoria apreendida diretamente na subprefeitura, comprovando, para tanto, serem titulares do cadastro e apresentando a documentação dos produtos.

No dia 5 de agosto, o Gabinete de Segurança iniciou uma operação de combate à pirataria, ao contrabando e à sonegação fiscal na Feira da Madrugada . Os órgãos de inteligência constataram o comércio de produtos ilegais na região. Foram apreendidos mais de 5 milhões de produtos irregulares em 22 dias de fiscalização. Ao todo, 3.200 lojas/boxes estavam irregulares.

    Leia tudo sobre: feira da madrugadapiratarialojas fechadassão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG