Ônibus cai de viaduto sobre linha de trem no ABC

Quinze pessoas ficaram feridas. Segundo cobrador do ônibus, um carro na contramão causou acidente

Carolina Garcia, iG São Paulo |

Um ônibus da linha 101 da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) caiu de um viaduto nesta quinta-feira sobre a linha de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O acidente foi na linha ferroviária 10-Turquesa, sentido Estação da Luz - Rio Grande da Serra, entre as estações Utinga e São Caetano, na região de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

null

Um trem que trafegava pela linha no sentido capital não conseguiu parar e atingiu o ônibus. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 15 pessoas ficaram feridas.

As vítimas leves foram levadas ao Hospital Municipal Albert Sabin, em São Caetano. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura da cidade, elas sofreram traumatismo craniano leve, luxação de quadril já reduzida, fratura de costela, fratura de clavícula, ferimentos fortes contusos e escoriações. Nove já receberam alta. Gabriela Peralta e Thiago Augusto estão na UTI em observação, Márcia Aparecida Beraldo Vicentino foi transferida para o hospital Beneficência Portuguesa (Santo André) e Círio Gonçalves fica em observação por 12 horas. Carolina Magalhães, de 23 anos, foi transferida por volta das 11h30 para a UTI do Hospital Maria Braido, em São Caetano, com suspeita de lesão renal.

A motorista Lilian Souza Freitas, de 30 anos, foi levada ao Pronto Socorro do Hospital Mário Covas, em Santo André. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, ela sofreu contusão torácica e leve trauma de crânio. O estado de saúde não é considerado grave.

Adriano Lima / Fotoarena
'O ônibus deslizou e ficou de frente para o barranco. Nisso caímos', relata o cobrador
O acidente aconteceu por volta das 9 horas, quando o ônibus bateu na mureta do viaduto na Rua Felipe Camarão e caiu em cima da linha do trem. Segundo o cobrador Clóvis Santos Galdino, de 38 anos, um veículo trafegava na rua na contramão e a motorista reagiu pisando no freio para evitar a colisão. "Como era paralelepípedo, o ônibus deslizou e ficou de frente para o barranco. Nisso caímos", contou ao iG. "Ouvi as pessoas gritando no viaduto 'Olha o trem, olha o trem'. Percebi que o trem já estava com velocidade reduzida."

Segundo a CPTM, não houve feridos entre as pessoas embarcadas no trem. A circulação de trens - que ficou interrompida após o acidente - começou a ser retomada às 10h30, com velocidade reduzida.

Às 13h40, o ônibus foi removido da linha férrea e permanecerá no canteiro ao lado até, pelo menos, sexta-feira, segundo a Defesa Civil.

Por meio de nota, a EMTU informa que o veículo envolvido no acidente, de propriedade da empresa Interbus Transporte Urbano e Interurbano Ltda, tem 5,5 anos (a média de idade da frota é de 8 anos). A última inspeção foi feita no dia 25 de fevereiro deste ano. Foram vistoriados 340 itens (partes mecânica, elétrica, de conforto e manutenção), entre eles 125 relativos à segurança. A inspeção tem validade de um ano. A empresa ressalta que, "como gerenciadora e fiscalizadora do sistema, não possui veículos próprios. Os veículos do sistema pertencem a empresas permissionárias e concessionárias."

Veja a lista de feridos

Arlete Amaral - recebeu alta
Carolina Pereira Magalhães, 23
Cirio Gonçalves, 82
Claudio Almeida dos Santos, 30 - recebeu alta
Cleide Aparecida de Brito, 41 - recebeu alta
Clóvis Santos Galdino Jr., 38 (cobrador) - recebeu alta
Eduardo Guilherme Scabasso, 23 anos - recebeu alta
Gabriela Peralta
Leandro Domingues, 25 - recebeu alta
Lilian Souza Freitas, 30 (motorista)
Márcia Aparecida Beraldo Vicentino
Maurílio Batista dos Santos, 70 - recebeu alta
Pedro Carrasco - recebeu alta
Perola de Santana - recebeu alta
Thiago Augusto

You need to upgrade your Flash Player
    Leia tudo sobre: acidentecptmemtuabc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG